Esse Blog é ligado a

Photobucket - Video and Image Hosting

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

2015 – UM ANO 8



O último ano foi de recolhimento, de introspecção, de silêncios e de reflexões. Foi uma oportunidade única de olharmos para dentro, de uma forma consciente e demorada. O ano foi longo, complexo, exigente, e para muitos, doloroso em vários níveis.

Em um ano com uma vibração universal 7, como 2014, grandes e preciosas lições podem ser retiradas.

O Ano Universal mostra o tema geral do ano que afeta a todos. É importante saber aproveitar os desafios e as oportunidades que estarão em destaque nesse período.

Agora, em 2015 novos desafios serão colocados, sempre com o intuito de crescimento e evolução através das experiências na Terra, sejam elas agradáveis ou não.

Um ano de vibração universal 8 convida todos a se elevarem a patamares mais altos, cada vez mais conscientes de quem são e do que podem realizar e manifestar de forma consciente no dia-a-dia.

De acordo com a Numerologia, 8 tem como característica essencial a expansão, o crescimento, a evolução e a manifestação na matéria. Tudo o que estava invisível torna-se visível em 8, na nossa realidade física.

A materialidade codificada no 8 se relaciona com o corpo físico (ex: saúde) e com os nossos bens materiais (ex: casa, carro, dinheiro, investimentos, negócios, etc.).

A necessidade de definir as questões mais importantes de nossas vidas de maneira prática é o desafio que este ano traz. 

Este é o momento de medir, pesar e avaliar o que queremos ou não; de colocar as coisas na balança e verificar o que, realmente, tem valor; de separar o joio do trigo e decidir as nossas prioridades. A fase predispõe à resolução dos assuntos pendentes, mesmo que seja necessário fazê-la de maneira mais incisiva ou buscar o auxílio da justiça. 

Mesmo no campo afetivo é fundamental analisar as relações com as pessoas de maneira mais racional, procurando vê-las como realmente são e estabelecer claramente os limites e as expectativas, colocando o ‘preto no branco’. Porque, devido ao exagero do 8, existe muita instabilidade neste campo que merece atenção. Podem acontecer “paixões desenfreadas”, vividas com grande intensidade, para logo depois dar lugar ao vazio, troca de parceiro, etc.
 
A saúde é uma área sensível a ser considerada este ano. Esta área pede muito equilíbrio, pois existe uma forte tendência para cair numa das polaridades: excessos de toda a ordem ou pelo contrário exagerar na preocupação com a saúde, gerando hipocondria.

Está na hora de cuidar do corpo físico. É tempo de adotar ou introduzir novos hábitos salutares. Pode ser bom realizar um check up para fazer uma avaliação geral.

***
“A energia do 8 exige o máximo de ética em todas as coisas.
Tranparência, honestidade e franqueza serão recompensadas.”

Foco no objetivo e clareza de intenção são fundamentais. É preciso reconhecer as oportunidades e aproveitá-las - ou criar as próprias oportunidades. E então avançar e reivindicar o que é seu de direito sem recorrer a ganância, relações desleais, controle de assédio moral ou ser um workaholic. Equilíbrio deve ser atingido e o equilíbrio durante um ano guiado pela energia do 8 é tênue.

E batemos em um ponto importante:
O 8 é considerado um número de dinheiro e poder, é verdade, mas até certo ponto.
 
Porque para a Arithmologia, o quadro maior, a essência do 8, em primeiro lugar, é o Equilíbrio. 

E o equilíbrio deve ser buscado tanto externa quanto internamente.

Simbolicamente o 8 permanece na posição vertical somente quando ele está em equilíbrio. (Como todos os símbolos, incluindo letras e números, a sua forma diz muito sobre a sua natureza). 

Representado na horizontal o 8 é o símbolo do infinito, a Eternidade e as Leis Cósmicas em ação que integram as duas polaridades, transcendendo a divisão à qual estamos sujeitos há incontáveis eons.
 

Sempre que essa regência está em evidência surge a oportunidade de unir e integrar nossos pares de opostos (bem/mal, bonito/feio, certo/errado, masculino/feminino, etc.) de acordo com os filtros físicos, mentais, emocionais e espirituais de cada um.

Uma grande transformação reside na solução do eterno conflito matéria versus espírito. O ano anterior nos proporcionou a possibilidade de aprender muito sobre isso. Basta lembra que o 7 é produto da soma da matéria (4) com o espírito (3), portanto neste momento já não deveríamos ter dúvidas e este respeito. No entanto, a dúvida permanece no coração de muitos e enquanto isso acontecer será muito difícil resolver esta questão, pois estes dois aspetos divinos parecem ser opostos aos olhos da humanidade.

Existem pessoas que só conseguem visualizar e viver em uma das polaridades por vez, afirmando, por exemplo, que o dia é o contrário da noite, portanto são opostos. Quem já tomou consciência das duas polaridades passa a afirmar simplesmente que o dia dá lugar à noite e vice-versa, portanto, são aspectos complementares e não opostos.

Unir e integrar em nós os opostos significa retirar deles toda a carga dramática, todos os excessos e todo o exagero, restando apenas a lição de vida aprendida. Ao transcender essas oposições chegará um momento em que as sentiremos e veremos como complementares que são.

***
"O medo leva à raiva. A raiva leva ao ódio. 
O ódio leva ao sofrimento.
E o sofrimento leva ao lado negro da força." 
~Mestre Yoda~

Reivindicar um poder que não é autenticamente seu, abusar de cargos e/ou dinheiro, agir através do ego ao invés do coração para competir e se sentir maior ou melhor do que os outros é o lado sombrio do 8.

Um outro ponto sombrio se esconde quando você tem medo de competir com os outros de maneira sadia. Esse medo de arriscar comprime seus dons de vitalidade dados pelo espírito. Se autodepreciar para que um outro se sinta melhor não vai ajudar ninguém.

Qualquer um dos extremos do desequilíbrio pode resultar em sofrimento.
Ter medo do próprio poder é um desserviço para o mundo e para as pessoas que entram em contato com você. Abraçar o poder com o coração e não com a mente, aceitar quem você é e compartilhar isso com o mundo aumenta seu nível de consciência. Cada pessoa com quem você compartilhar sua vibração estará se beneficiando com a imagem que vê em você. Afirmar o seu potencial brilhante em todos os sentidos, é totalmente se capacitar e capacitar a outros.

***
Se por um lado temos o plano material (dinheiro, reputação, fama ou poder) por outro lado temos o plano espiritual onde se inclui a sabedoria e o respeito pelos valores morais e espirituais. A questão reside em encontrar o equilíbrio entre essas duas polaridades.


Cabe a cada um alcançar o sucesso no plano material sem, contudo deixar de lado certas qualidades como uma boa dose de sensatez, moderação, humildade e generosidade relativamente a esse sucesso. Se conseguirem aceder e permanecer nesse caminho sem dúvida experimentarão uma imensa satisfação, paz interior e serenidade.

***

No Ano Universal 8 cada um colherá aquilo que plantou. 

Sem esquecer que não podemos contar apenas com o que plantamos nesta vida, ou há alguns anos ou meses. Temos que considerar também tudo o que plantamos, todas as ações que promovemos em consequência de escolhas feitas, também, em vidas passadas. Olhando sob este ângulo não existem colheitas “más” como castigo e sim apenas como consequência de uma escolha “má” naquele momento, ou seja, de uma escolha feita de acordo com o nível consciência que tínhamos então.

Portanto, este será um ano de colheitas, e por outro lado um ano em que poderemos e deveremos investir em realizações práticas. Cuidado com as tentações de enriquecer rapidamente ou vencer a qualquer custo, pois pode haver uma tendência para apostar forte e perder tudo o que conquistou.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou

Minha foto

Descobri cedo o caminho do autoconhecimento e a partir da adolescência direcionei o foco dos meus estudos para essa autodescoberta. Dissequei a mim mesma em busca de respostas estudando diversas matérias, que entendi serem totalmente interligadas.
Com a Arithmologia venho me aprofundando em técnicas de respiração, meditação, cromoterapia, cinesiologia, e tecnologia espiritual. Desenvolvi a Arithmognose Terapêutica: o cuidado consigo e com os outros, através do conhecimento e essência dos Arithmos (números) pessoais.
Graduada em Direito, mas trabalhando com Consultoria, Coaching e Aconselhamento Metafísico a distância, tenho como objetivo esclarecer e motivar o cliente/coachee para que este possa perceber e/ou experimentar uma conscientização das potencialidades inerentes em si que repercutem diretamente em suas ações.

Google+ Followers

Seguidores