sexta-feira, 11 de abril de 2008

PREVISÃO COM OGHAM PARA 2008

O método Ogâmico das Cinco Províncias ou Forfedha

Este é um método ogâmico baseado nas cinco províncias Irlandesas que são posteriores as cinco tribos míticas, com exceção dos Goidélicos (os Irlandeses derivam destes), além de tipificar os cinco ditongos que foram incluídos tardiamente no alfabeto ou mais precisamente “código” das Árvores ou fedha no velho Irlandês.

Tecnicamente, esses cinco ditongos foram colocados pelos bardos medievais como uma representação do mundo em que nós vivemos, sendo sempre dividido entre os quatro quadrantes mais o centro ou mide.

Para concluir, estes ditongos são chamados no Irlandês antigo de forfedha (as cinco letras ou árvores adicionais) que antes de serem partícipes do código arbóreo, são a representação cosmológica Bárdica. Portanto, o arithmo 5 é de fato assim como o 9, de grande importância na Cosmologia Céltica, sendo ambos uma chave para sua manifestação.



Mide/Rige – O Reino do Choupo ou Bosque (ea) (em algumas correntes célticas pode ser também ch ou kh).

É a Casa da Soberania ou Centro. Representa no plano físico o complexo de Tara que se localiza no centro da Irlanda. É Casa da Deusa Tailtiu, uma personificação da própria Irlanda.

Indica o foco ultimal, o início e fim de todo entendimento, sendo o ponto de referência para toda leitura das Cinco Províncias.

Um forfheda caindo na Casa de outro forfheda, tecnicamente indica um acúmulo de energia adicionada a stress e ansiedade.



Faia no Reino do Choupo.

A Árvore plantada neste Reino do Passado foi a Faia (Phagos em gaélico); Nesta jogada houve uma mescla de forças intensificando as influências neste Reino Central; desta forma eis que surge um forfheda caindo neste Centro, PHAGOS (ae), a Faia. Isto indica que ocorrerá uma intensa cobrança em cada ação para transpor diversos obstáculos que ainda existem em vários setores de sua vida. No entanto, as perspectivas são animadoras caso seja feito uma disciplina diária no que concerne a organização e desprendimento.

Phagos pede que os projetos sejam bem elaborados e com os pés no chão. Inicialmente a influência de (ae) pode gerar algumas confusões e dúvidas devido a um excesso de meticulosidade e ponderação, esta é forma de trapaça do ego, porque a demora excessiva nas decisões a serem tomadas pode levar à estagnação de um projeto viável e que tenha a “hora certa” de ser colocado em prática.

Palavra-Chave: Movimento.





Seis – O Reino de Haste (oi) (em algumas correntes célticas pode ser também th).

É a Casa da Harmonia ou Música. Onde está gravada a Espada de Lugh Lanfhada. Também é Casa do Mestre Uscias de Finias.

Indica algo que aconteceu em um determinado período do passado, ou seja, este Reino representa o passado distante.



Freixo em Seis tipifica o Renascimento da Alma pela Tirania.

A Árvore plantada neste Reino do Passado foi o Freixo (Nin ou Nion em gaélico); esta árvore possui um alto valor cosmológico em algumas tradições Ocidentais devido à forma de sua folha, e da sua madeira eram confeccionadas lanças de guerra e de pesca.

Nin reforça os projetos apoiados nas influências de Phagos, não basta apenas estar com os pés no chão, mas requer o acompanhamento da Sabedoria como base, e também a força necessária quando forem colocados em prática.

O Freixo caindo na Casa de Seis (i.e. da Harmonia) indica que houve um mau aspecto no seu passado, um excesso de cobrança que de nada adiantou para a superação das grandes dificuldades que você e outros impingiram no seu processo, seja nos planos material, mental, emocional e espiritual. Nin apresenta claramente um forte desgaste, pela auto-tirania empregada a você mesmo e a outros, muito provavelmente algum tipo de subordinado (filhos, empregados, pessoas que dependam de alguma forma de você).

Nin também fala sobre as ações que sempre e de alguma forma repercutirão sobre você como reação (causa e efeito). Ainda que as ações do passado, do último ciclo de 9 anos possam ter tido como base a tirania, poder desmesurado, egocentrismo e etc, agora é a chance que você terá para trabalhá-las intensamente durante este ano 1. Esse trabalho implica em renascimento, pois foram nove anos de indefinições, dúvidas que se prolongaram por demais, indisciplina, auto-indulgência e com outros também, despesas acima do esperado e por aí vai. Se estes e outros aspectos não forem devidamente trabalhados, prestando atenção neles e reavaliando todo este ciclo de 9 anos, você será o maior prejudicado, pois o arithmo 1 fala da Individualidade, tudo que você faz está sob sua própria responsabilidade, mas de maneira consciente, eis o diferencial. O mau aspecto disso, é o isolamento que inevitavelmente ocorrerá, sendo ignorado não somente pelas pessoas a sua volta, mas também pelas situações que poderiam lhe trazer boas perspectivas em sua vida.

O Freixo também fala de paz, que está inclusa no discernimento, pois nem tudo o que parece ser é o que você deseja, por isso mesmo se deve usar a percepção para ver a realidade “nua e crua”. A imparcialidade é necessária para que se possa ver a vida sem os engodos originados de suas fraquezas.

Palavras-Chaves: Renascimento e Paz.




Fis – O Reino da Madressilva (ui) (em algumas correntes célticas pode ser também ph, pe ou p).

É a Casa do Aprendizado ou Consciência. Onde está gravado o Caldeirão de Dagda. Também é a Casa do Mestre Semias de Murias.

Indica o desenvolvimento de um passado recente.



Espinheiro Branco em Fis tipifica Infortúnio no Aprendizado pela Ignorância.

A Árvore plantada neste Reino do Passado Recente foi o Espinheiro Branco (Huath em gaélico); esta árvore entre os Irlandeses é envolta em superstições nada agradáveis, para muitos aquele que cortasse um Espinheiro Branco era sinal que viria muito azar para sua vida. Contam alguns que havia um Espinheiro nos confins de Glastonbury Thorn, mas que os puritanos colocaram abaixo para eliminar quaisquer traços pagãos.

É muito interessante observar a forte conexão existente entre os fedha que estão surgindo nesta Previsão. Enquanto os dois primeiros fedha falam de pé no chão e sabedoria para usar durante este ano em todas as situações, aqui encontramos um momento de isolamento, que caracteriza na verdade, introspecção. Uma etapa muito boa para reavaliar o que foi feito, evitando assim, mais perdas e romper com aquela sensação de que nada vem dano certo no resultado de suas ações. Talvez, isso crie uma enorme ansiedade para que os resultados comecem a ter uma solução mais positiva, mas não há como lutar contra determinadas forças que nos impelem adiante (mesmo que achemos que nada acontece), assim esse período é identificado com de gestação e paciência. Novas oportunidades podem surgir nesse momento, contudo, é necessário não criar nenhum tipo de auto-sabotagem, algumas vezes até inconscientemente, com o medo de conseguir o sucesso, que um lado seu tanto anseia. Chegou à hora, de romper com os padrões adquiridos e conseqüentemente estabelecidos por uma crença pessoal na qual você se baseou durantes os últimos 9 anos. Deixe de lado o pessimismo de que o infortúnio bate a sua porta a todo o momento. Resolva seus conflitos internos.

Palavra-Chave: Infortúnio.





Cath – O Reino da Groselheira (io).

É a Casa do Conflito ou da Batalha. Onde está gravada a Pedra de Eriu. Também é a Casa do Mestre Morfessa de Falias.

Indica coisas ou influências que poderão prover resistência e conflito em um futuro próximo ou no presente. (Caso um fedha altamente dinâmico ou pessoalmente endossando o assunto abordado caia neste Reino, existirá uma carência de conflito ou de resistência aqui).


Teixo em Cath tipifica Morte no Conflito pelo Medo.

O Teixo é uma das árvores mais comentadas nas tradições dos povos do Norte, assim como o Carvalho e o Freixo. Sua madeira é extremamente resistente e alguns espécimes podem durar por volta de 2000 anos. São encontrados geralmente nos cemitérios das antigas Igrejas na Europa.

A Árvore plantada neste Reino da Resistência e do Conflito e foi o Teixo (Iodha ou Ioho em gaélico); Eis a grande chance que temos para 2008. A transformação de nossas crenças que acreditamos serem certas e definitivas.

Freqüentemente a sensação de perdas e danos, seja no campo emocional ou material remete a uma grande possibilidade de não se compreender como o jogo da vida joga as pessoas de um lado para o outro, sem haver qualquer tipo de controle sobre o seu movimento, mesmo que se acredite que se tem esse controle. O processo de transformação para este ano 1 ou 10, só pode ser iniciado quando se estiver aberto a essa mudança iminente, seja de uma maneira consciente ou não. Todas as mudanças, a não ser que você tenha obtido certo nível de consciência, são acompanhados pela sensação de perda, mas trabalhando esta sensação você entenderá a essência da mudança que nos traz ESTABILIDADE. O desafio é vencer o Medo e superar as suas dúvidas arriscando, com consciência, no investimento de suas corretas ações. Somente assim, a resistência é superada e uma nova etapa surge no processo dando-lhe segurança e bem estar.

Enquanto isso não for feito, sua vida não andará para frente, e em cada curva haverá um espreitador para capturar o pouco que conseguiu.

Transformar é renascer, sempre.

Palavras-Chaves: Morte, Imortalidade e Transformação.





Blath – O Reino da Faia (ae).

É a Casa da Prosperidade ou Bem Estar. Onde está gravada a Lança de Nuada. Também é a Casa do Mestre Esras de Gorias.

Indica a manifestação final da questão através das influências de cada Reino. Reflete o assunto em questão conferindo algum parâmetro do que pode acontecer em um futuro imediato.

Um forfheda caindo na Casa de outro forfheda, tecnicamente indica um acúmulo de energia adicionada a stress e ansiedade.




Groselheira no Reino da Faia.

O Arbusto plantado neste Reino da Manifestação foi a Groselheira (Iphin em gaélico); assim como iniciou com um forfheda, 2008 é finalizado com outro forfheda. Isso é um forte sinal de que não há como fugir de suas responsabilidades, e principalmente das ações que requerem um movimento mais imediato devido a longa espera orientada pela indulgência. Aprender é a maior lição deste forfheda, e não perder as chances que surgem diante de nossos olhos. Focar todo e qualquer objetivo que tenha realmente uma base sólida. Muitas experiências estão a caminho, e estas devem ser bem aproveitadas quanto à direção que você dará a elas. Neste próximo Ciclo de 9 anos, há uma necessidade preeminente de organização e praticidade em cada etapa que você iniciar, pois todo acúmulo deverá ser esvaziado através de uma forte limpeza interna tornando-o mais leve e preparado para novas lutas que se apresentarão, no entanto, o desgaste será bem menor quando se está maduro por meio das experiências passadas.

Não perca tempo, mas também, não tente acelerar acima de velocidade permitida.

Palavra-Chave: Estabilidade.

Boa sorte para 2008.



Claudio Carvalho - 2008©


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Direitos de Autoria

Os textos deste blog têm autoria.

Caso queira fazer uso, por favor, cite a fonte.

Obrigado!

Quem sou

Minha foto

Descobri cedo o caminho do autoconhecimento e a partir da adolescência direcionei o foco dos meus estudos para essa autodescoberta. Dissequei a mim mesma em busca de respostas estudando diversas matérias, que entendi serem totalmente interligadas.
Com a Arithmologia venho me aprofundando em técnicas de respiração, meditação, cromoterapia, cinesiologia, e tecnologia espiritual. Desenvolvi a Arithmognose Terapêutica: o cuidado consigo e com os outros, através do conhecimento e essência dos Arithmos (números) pessoais.
Graduada em Direito, mas trabalhando com Consultoria, Coaching e Aconselhamento Metafísico a distância, tenho como objetivo esclarecer e motivar o cliente/coachee para que este possa perceber e/ou experimentar uma conscientização das potencialidades inerentes em si que repercutem diretamente em suas ações.

Google+ Followers