segunda-feira, 15 de setembro de 2014

As Runas: Othila



Imagem de Anatoly Kudryavtsev©
A Herança

Pronúncia: othila (th como em inglês)
Nomes Alternativos: othel, odal, aethel, odil, odhal, othala, utal 

Significados Tradicionais: herança, terra nativa, propriedades

Palavras-chave: talento inerente, aquisição, realização, segurança, lei e ordem
Usos Práticos: útil para aquisição de propriedade ou bens materiais; encoraja organização prática

Usos Mágicos:  para adquirir terra ou propriedade, completar um projeto, fortalecer laços familiares

Desafio: faça sem fazer

Correspondências:
Fonema: O
Regência Planetária: Saturno e Marte
Pedra: Rubi
Flor: Campainha Branca
Número: 7
Classe Social: Guerreira
Cor: Marrom
Mitos e Deidades:
Tarô: Diabo
Período do Dia:

Significados Gerais e Simbólicos:
Essa runa se refere a propriedade, bens, nome ou características pessoais herdados. Onde FEHU representa dinheiro, OTHILA indica coisas que o dinheiro pode comprar. Os teutônicos eram muito mais próximos dos seus ancestrais do que nós somos hoje. O sobrenome era uma posse, e toda criança aprendia o tipo de mitologia familiar na qual seus antepassados eram enaltecidos. 

A propriedade imobiliária está simbolizada por essa runa. Muitas vezes as posses simbolizadas por OTHILA têm algum fator delimitante a elas ligado, como, por exemplo, o fato de serem muito grandes para ser removidas com presteza. Assim, a posse indicada é freqüentemente um terreno ou construção, ou parte de um edifício, um armazém, o espaço em um escritório ou o imóvel de uma empresa. Como a principal propriedade que a maioria das pessoas deseja possuir é a sua própria casa, essa runa pode indicar também o lugar de morada, embora, às vezes, possa designar o lar da família, isto é, a casa onde se foi criado. 

Mesmo quando representar dinheiro, essa runa indica apólices, pensões, investimentos a longo prazo ou dinheiro aplicado, de forma tal que somente parte dele estará disponível no momento da leitura, o que pode ou não agradar, dependendo do nível de necessidade imediata de dinheiro em caixa. 

OTHILA pode enunciar assuntos relacionados à morte. Pode representar um testamento, um legado ou herança, ou alguma propriedade herdada sem implicar necessariamente a existência de um testamento. Pode enunciar algo que está na família há várias gerações, ou que pertenceu aos pais ou avós, e que foi transferido por escritura ou simplesmente por uma doação sem formalidades. 

Freqüentemente, o legado predito por OTHILA toma a forma de propriedades, embora não seja necessariamente um bem imóvel; pode ser também dinheiro, em especial quando FEHU ou PERTH estão próximas. Não obstante, pode querer dizer também traços psicológicos ou características físicas herdadas, e a runa emparelhada com OTHILA indica quais os traços prováveis, e dependendo de estar ereta ou reversa, se são uma bênção ou um estorvo. 

OTHILA simboliza o esforço persistente, demonstrando que se é um trabalhador ardoroso; principalmente quando associada a SIGEL, essa runa pode assinalar que se pode ser um viciado em trabalho. De qualquer forma, essa combinação significa uma pessoa que aprecia ou é absorvida por inteiro pelo trabalho, do tipo que ama o trabalho ou as recompensas materiais que dele advêm, mais do que qualquer coisa na vida. É mais comum, entretanto, perceber que OTHILA prediz que se terá de trabalhar arduamente a fim de obter o que quer da vida ou para estar onde deseja. 

Quando circundada por runas materialmente orientadas, como FEHU, WUNJO, BERKANA ou NYD, essa runa é sinal de usura ou de materialismo. Normalmente descreve um indivíduo materialista, imbuído da idéia de obter posses, que é outro significado da palavra “possessão”. Mostra uma pessoa presa na armadilha da sociedade de consumo e, esquecida de sua condição, esforça-se para manter o status a qualquer custo. 

Em associação com runas intelectuais (AS, MANN, e por extensão, RAIDO), OTHILA sugere que se está possuído por um ideal ou por uma visão. Geralmente, descreve alguém de mente unidirecionada na busca de um objetivo, que pode ou não ser uma coisa boa. Uma pessoa que possui somente um propósito tem mais probabilidade de sucesso no mundo do comércio do que alguém que desperta sua energia. Mas uma pessoa fanatizada em busca de um único objetivo pode ser facilmente um excêntrico ou um psicopata, até mesmo o chefe de uma indústria. O tipo de runa emparelhada com OTHILA, seja ereta ou reversa, designa qual interpretação é mais pertinente. 

Ereta, OTHILA promete ajuda de pessoas mais velhas — normalmente, um parente mais idoso, assistência de firmas ou organizações bem estabelecidas, famílias tradicionais, ou velhos amigos. Sob certas circunstâncias, o auxílio pode até mesmo vir das instituições, do sistema, do Governo (tanto o eleito como o serviço público); por exemplo, um oferecimento de emprego no serviço público ou no governo local. 

Significado Reverso: 

O principal significado de OTHILA reversa é o atraso e a frustração. Com outras runas restritivas, pode implicar em fracasso. Por outro lado, em associação com runas amplificadoras, meramente indica que o sucesso está mais distante do que se antecipa. Em tal caso, ele deverá ser bem avisado de que as coisas demorarão mais para acontecer. Às vezes, o reverso de OTHILA enuncia que a pressa é inimiga da perfeição; que tentamos cortar caminho (nesse determinado momento) quando o sucesso depende da perfeição e da atenção aos detalhes. 

Numa posição proeminente em um lançamento rúnico, intima que qualquer tentativa de se progredir muito rapidamente resultará apenas em algum acidente ou contratempo, que pode tanto macular nossa reputação quanto restringir seriamente nossas chances de sucesso. 

Já que progresso na vida pode ser comparado às viagens de um lugar para outro, OTHILA reversa pode ser tomada como um indício de dificuldade em viagem inconvenientes ou a possibilidade de um envolvimento em um acidente. A severidade do acidente pode ser julgada pela natureza das outras runas no lançamento, normalmente apontando que este acidente é decorrente da própria desatenção, revelando imprudência, impaciência e descuido. 

Em reverso, OTHILA é uma runa indicativa de uma pessoa que está sendo forçada a permanecer sozinha. Refere-se ao momento presente, em que se é convidado a se erguer sobre seus próprios pés. Também pode enunciar que se encara a vida como uma atitude de “pobre menina(o) rica(o)”, pois essa runa, algumas vezes, expressa que se está presentemente envolvido em um problema — ou indo ao encontro de um — do qual não terá como se livrar. 

Alternativamente, pode querer dizer que o problema não é do tipo que não pode ser superado ou evitado apelando-se aos pais, aos parentes, aos amigos ou ao sistema. Freqüentemente, nesse último caso, indica que um recurso legal não terá utilidade, não importa quão fortemente se acredite estar correto, pois, reversa, essa runa demonstra que não adianta reclamar do sistema, ou usá-lo em vantagem própria.

Escrito originalmente por ©Fabrício César Franco em
http://parlenda.blogspot.com.br/2012/06/as-runas-othila.html
 Este trabalho possui uma Licença Creative Commons
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/

Bem vindo. Seja um assinante e receba as novidades em primeiro lugar.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Esse blog é ligado a

Quem sou

Minha foto

Descobri cedo o caminho do autoconhecimento e a partir da adolescência direcionei o foco dos meus estudos para essa autodescoberta. Dissequei a mim mesma em busca de respostas estudando diversas matérias, que entendi serem totalmente interligadas.
Com a Arithmologia venho me aprofundando em técnicas de respiração, meditação, cromoterapia, cinesiologia, e tecnologia espiritual. Desenvolvi a Arithmognose Terapêutica: o cuidado consigo e com os outros, através do conhecimento e essência dos Arithmos (números) pessoais.
Graduada em Direito, mas trabalhando com Consultoria, Coaching e Aconselhamento Metafísico a distância, tenho como objetivo esclarecer e motivar o cliente/coachee para que este possa perceber e/ou experimentar uma conscientização das potencialidades inerentes em si que repercutem diretamente em suas ações.

Google+ Followers

Direitos de Autoria

Os textos deste blog têm autoria.

Caso queira fazer uso, por favor, cite a fonte.

Obrigado!