sexta-feira, 7 de julho de 2017

I Ching - Hexagrama 57: Sun - A Suavidade (O Penetrante, o Vento)

Imagem de Adele Aldridge


Como o vento suave este hexagrama sugere um momento de influência e mudança. Este é um momento em que a clareza e a verdade pode perfurar véus de ilusão.
Este é um momento de comunicar seus desejos e necessidades para aqueles que você ama. A chave aqui é ser gentil, mas contínuo. Atuar com altos impulsos energéticos pode trazer mudanças, no entanto, o mais provável é que seja uma mudança de curta duração.

Sua vontade tem um poder incrível para se espalhar.
Seja fiel a si mesmo.

*******************************
A Suavidade
 
Sun é um dos oito hexagramas formados pela repetição de um mesmo trigrama. Representa a filha mais velha e simboliza vento ou madeira. Tem como atributo a suavidade, que é penetrante como o vento ou como a madeira em suas raízes.
O princípio da escuridão, em si mesmo estático e imóvel, é dissolvido pelo penetrante princípio luminoso ao qual, com suavidade, se subordina. Na natureza, é o vento que dispersa as nuvens acumuladas e deixa o céu claro e sereno. Na vida humana, é a penetrante clareza de julgamento que dissolve todas as sombrias intenções veladas. Na vida da comunidade, é a poderosa influência de uma eminente personalidade que desvela e dissolve as intrigas que se esquivavam da luz.


JULGAMENTO

A SUAVIDADE. Sucesso através do que é pequeno.
É favorável ter onde ir.
É favorável ver o grande homem.

A penetração produz efeitos graduais e imperceptíveis. Não se deve, portanto, proceder de modo violento e sim através de uma influência constante. Efeitos dessa ordem chamam menos a atenção que aqueles que se podem conseguir com um ataque de surpresa, porém são mais duradouros e completos. Para se poder agir deste modo, é preciso ter um objetivo claro e definido, pois é somente quando a influência penetrante age sempre na mesma direção que o objetivo pode ser alcançado. Uma pequena força será capaz de realizar algo, caso se subordine a um homem superior que saiba criar ordem.

IMAGEM

Ventos que se sucedem:
a imagem da SUAVIDADE PENETRANTE.
Assim o homem superior transmite a todos suas ordens
e executa seus empreendimentos.

A qualidade penetrante do vento depende de sua constância. É isso que o torna tão poderoso. O tempo é o seu instrumento. Do mesmo modo, o pensamento do governante deve penetrar a alma do povo. Para isso é necessário também exercer uma influência contínua através de explicações e comandos. Só é possível que as ações se realizem de acordo com as ordens, quando estas chegam a penetrar a alma do povo. A ação repentina apenas assusta e provoca repulsa.

LINHAS

Seis na primeira posição significa:
Ao avançar e ao retroceder,
é favorável a perseverança de um
guerreiro.

A suavidade de caráter de um homem pode muitas vezes levá-lo à indecisão. Não se sentindo forte o suficiente para avançar resolutamente, surgem-lhe mil dúvidas. Todavia, ele não deseja a retirada, hesita e, em sua indecisão, ora avança, ora recua. Nesse caso é necessário tomar uma decisão com a firmeza de um guerreiro para que se possa cumprir com rigor o que a ordem exige. A disciplina decidida é preferível à indecisão complacente.

Nove na segunda posição significa:
Penetração sob a cama.
Sacerdotes e magos são utilizados em grande número.
Boa fortuna! Nenhuma culpa.

Às vezes se tem que lidar com inimigos ocultos, influências impalpáveis que se ocultam nos mais obscuros recantos. De seu esconderijo, procuram sugestionar as pessoas. Nestes casos, é necessário persegui-los até os seus esconderijos mais secretos, para que se possa, então, identificar a natureza das influências em questão. Essa é a tarefa dos sacerdotes. Eliminá-las é o encargo dos magos. O caráter anônimo dessa conspiração exige um empenho especialmente vigoroso e incansável que, porém, encontrará ampla recompensa. Pois uma vez trazidas à luz e identificadas, essas influências furtivas perdem seu poder sobre as pessoas.

Nove na terceira posição significa:
Penetração repetida.
Humilhação.

Uma reflexão penetrante não deve ser levada longe demais, sob pena de prejudicar a capacidade de decisão. Após analisar a fundo um assunto, é necessário tomar uma decisão e agir. A repetida reflexão acaba despertando novas dúvidas e assim conduz à humilhação, pois o homem se mostra incapaz de agir.

Seis na quarta posição significa:
O remorso desaparece.
Durante a caçada, três espécies de caça são capturadas.

Quando a posição de responsabilidade e a experiência acumulada levam um homem a combinar sua modéstia a uma ação enérgica, grande sucesso é alcançado. Os três tipos de caça destinavam-se às oferendas aos deuses, para servir aos convidados e para o consumo diário. Quando as presas eram adequadas a essas três finalidades, a caçada era considerada especialmente bem sucedida.

Nove na quinta posição significa:
A perseverança traz boa fortuna.
O arrependimento desaparece.
Nada que não seja favorável.
Nenhum começo, porém um fim.
Antes da mudança três dias.
Depois da mudança três dias.
Boa fortuna!

Em contraste com o hexagrama 18, TRABALHO SOBRE O QUE SE DETERIOROU, onde se devia criar um ponto de partida totalmente novo, aqui trata-se apenas de reformas. O começo não foi bom, mas chega um momento em que se pode tomar um novo rumo. São necessárias mudanças e melhorias. Isso requer constância, isto é, um ânimo justo e firme. Assim haverá êxito e o remorso desaparecerá. Mas é importante ter em mente que tais melhorias exigem uma cuidadosa reflexão. Antes de se efetuar a mudança é necessária uma repetida reflexão. Após concluí-la deve-se, ainda, durante algum tempo, observar com atenção, verificando como essas melhorias funcionam quando postas em prática. Esse trabalho cuidadoso é acompanhado de boa fortuna.

Nove na sexta posição significa:
Penetração debaixo da cama.
Ele perde seus bens e seu machado.
A perseverança traz infortúnio.

A compreensão de um homem é suficientemente penetrante. Ele persegue as influências nocivas até os recantos mais secretos. Porém, já não tem mais forças para combatê-las com decisão. Nesse caso, qualquer tentativa de penetrar no domínio próprio das trevas só poderá ser prejudicial.


Fonte: I Ching, o Livro das Mutações – Richard Wilhelm

Bem vindo. Seja um assinante e receba as novidades em primeiro lugar.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Esse blog é ligado a

Quem sou

Minha foto

Descobri cedo o caminho do autoconhecimento e a partir da adolescência direcionei o foco dos meus estudos para essa autodescoberta. Dissequei a mim mesma em busca de respostas estudando diversas matérias, que entendi serem totalmente interligadas.
Com a Arithmologia venho me aprofundando em técnicas de respiração, meditação, cromoterapia, cinesiologia, e tecnologia espiritual. Desenvolvi a Arithmognose Terapêutica: o cuidado consigo e com os outros, através do conhecimento e essência dos Arithmos (números) pessoais.
Graduada em Direito, mas trabalhando com Consultoria, Coaching e Aconselhamento Metafísico a distância, tenho como objetivo esclarecer e motivar o cliente/coachee para que este possa perceber e/ou experimentar uma conscientização das potencialidades inerentes em si que repercutem diretamente em suas ações.

Google+ Followers

Direitos de Autoria

Os textos deste blog têm autoria.

Caso queira fazer uso, por favor, cite a fonte.

Obrigado!