segunda-feira, 22 de maio de 2017

I Ching – Hexagrama 34: Ta Chuang - O Poder Do Grande

Imagem de Adele Aldridge


Como se o trovão e o relâmpago fossem seus aliados, este hexagrama implica grande força. Este é um momento para chamar a sua determinação e sentir a sua própria fortaleza.
Confie no seu ímpeto e sua reputação vai crescer.
Preste atenção aos detalhes e siga com suas intenções, projetos e ideias.
Novos aliados aparecerão à medida que você estender sua influência em terras inexploradas. Soluções úteis virão a você. Deixe sua visão e propósito mais elevado serem sua bússola.
Neste hexagrama, existem dois significados a serem considerados:

  • O primeiro se refere ao poder que surge ao percebermos a maneira correta de prosseguir. 
  •  O segundo tem a ver com o poder roubado, assumido ou interceptado.

Evite o abuso do poder. O uso incorreto do poder gera reações ruins que durarão muito tempo, mas que podem até ser desfeitas se retornamos à sinceridade e humildade de antes.
Não há maior poder do que o conhecimento, sobre nós e os outros.
********************** 
O Poder do Grande



As linhas grandes, isto é, luminosas e fortes, são poderosas. Quatro linhas luminosas ingressaram embaixo no hexagrama e vêm a ascender. O trigrama superior é Chên, o Incitar; o inferior é Ch’ien, o Criativo. O Criativo é forte, o Incitar provoca o movimento. O sentido de PODER DO GRANDE resulta da união do movimento com a força. Este hexagrama é associado ao segundo mês (março-abril).








JULGAMENTO

O PODER DO GRANDE. A perseverança é favorável.

Este hexagrama indica uma época em que os valores internos ascendem vigorosamente e alcançam o poder. Mas a força já ultrapassou a linha mediana e por isso se corre o perigo de confiar inteiramente no seu próprio poder sem se preocupar com o que é correto. Há também o risco de se pôr em movimento sem esperar o momento adequado. Por isso, acrescenta-se a frase: “a perseverança é favorável”. Pois o poder verdadeiramente grande não degenera em mera violência, mas permanece internamente ligado aos princípios do bem e da justiça. Quando se compreende que a grandeza e a justiça devem estar inseparavelmente unidas, então se poderá compreender o verdadeiro sentido de tudo o que ocorre no céu e na terra.

IMAGEM

O trovão acima, no céu: a imagem do PODER DO GRANDE.
Assim o homem superior não trilha caminhos
que não estão de acordo com a ordem vigente.

O trovão, a energia elétrica, ascende na primavera. Este movimento está em harmonia com a direção do movimento celeste e, assim, coincidindo com o céu, produz grande poder. Porém, a verdadeira grandeza consiste na harmonia com o bem. Por isso o homem superior, em épocas de grande poder, evita toda iniciativa que não esteja de acordo com a ordem reinante.

LINHAS

Nove na primeira posição significa:
Poder nos dedos dos pés.
Prosseguir traz infortúnio.
Isto é, sem dúvida, verdadeiro.

Os dedos dos pés estão no ponto mais baixo e estão dispostos a avançar. Do mesmo modo, o grande poder, numa posição inferior, tende a forçar violentamente o progresso. Mas se essa atitude for levada adiante, certamente conduzirá ao infortúnio. Por isso, como conselho, acrescentou-se uma advertência.

Nove na segunda posição significa:
A perseverança traz boa fortuna.

A premissa aqui é de que as portas do sucesso começam a se abrir. 
A resistência começa a ceder e há um avanço poderoso. Este é o ponto em que facilmente pode surgir uma excessiva e arrogante autoconfiança. Por isso o oráculo diz que a perseverança – isto é, a perseverança no equilíbrio interno, sem o uso excessivo do poder — traz boa fortuna.

Nove na terceira posição significa:
O homem inferior age através do poder.
O homem superior não age assim.
É perigoso continuar.
Um bode arremete contra uma cerca e prende seus chifres.

Aquele que exibe seu poder acaba por se enredar em dificuldades assim como um bode enreda seus chifres ao arremeter contra uma cerca. O homem inferior aproveita-se do poder, de modo exibicionista, enquanto está de posse dele. O homem superior não procede assim. Ele permanece consciente do perigo implicado em tal arremetida intempestiva e renuncia em tempo a essa mera exibição de poder.

Nove na quarta posição significa:
A perseverança traz boa fortuna.
O arrependimento desaparece.
Abre-se a cerca, e não há nenhum emaranhamento.
O poder se apoia no eixo de um grande carro.

Se um homem trabalha com perseverança e tranquilidade na superação de obstáculos, ao final alcançará sucesso. Os obstáculos cedem, e desaparece todo motivo de arrependimento em virtude do uso abusivo do poder. Aqui o poder de um homem não se mostra externamente, mas é capaz de mover pesadas cargas assim como um carro grande, cuja força está nos eixos. Quanto menos ele utilizar o poder externamente, tanto maior será seu efeito.

Seis na quinta posição significa:
O bode se solta com facilidade.
Nenhum arrependimento.

O bode caracteriza-se pela rigidez externa aliada à fraqueza interna. A situação apresenta uma configuração em que tudo é fácil, não havendo qualquer resistência. Pode-se, então, abandonar as tendências à beligerância e à teimosia, sem qualquer risco de arrependimento.

Seis na sexta posição significa:
Um bode arremete contra uma cerca.
Não pode ir nem para diante nem para trás.
Nada é favorável.
Se o homem nota a dificuldade, isso traz boa fortuna.

Se alguém se aventura longe demais, chega a um impasse em que não pode nem avançar nem recuar, e tudo o que fizer apenas aumentará a complicação. Uma tal teimosia leva a dificuldades insuperáveis. Se a pessoa reconhecer sua situação, desistir de continuar numa atitude obstinada e se tranquilizar, então, com o tempo, tudo voltará à normalidade.

Fonte: I Ching, o Livro das Mutações – Richard Wilhelm

Bem vindo. Seja um assinante e receba as novidades em primeiro lugar.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Esse blog é ligado a

Quem sou

Minha foto

Descobri cedo o caminho do autoconhecimento e a partir da adolescência direcionei o foco dos meus estudos para essa autodescoberta. Dissequei a mim mesma em busca de respostas estudando diversas matérias, que entendi serem totalmente interligadas.
Com a Arithmologia venho me aprofundando em técnicas de respiração, meditação, cromoterapia, cinesiologia, e tecnologia espiritual. Desenvolvi a Arithmognose Terapêutica: o cuidado consigo e com os outros, através do conhecimento e essência dos Arithmos (números) pessoais.
Graduada em Direito, mas trabalhando com Consultoria, Coaching e Aconselhamento Metafísico a distância, tenho como objetivo esclarecer e motivar o cliente/coachee para que este possa perceber e/ou experimentar uma conscientização das potencialidades inerentes em si que repercutem diretamente em suas ações.

Google+ Followers

Direitos de Autoria

Os textos deste blog têm autoria.

Caso queira fazer uso, por favor, cite a fonte.

Obrigado!